Praça de Cascatinha receberá evento Histórias de Emocionar, em Junho/2016.

Todos os domingos de junho, 05, 12, 19 e 26, o distrito de Cascatinha vai receber o Projeto “Histórias de Emocionar – Contar, criar, expor, integrar e compartilhar”. O objetivo é, através da contação de histórias para crianças de 06 a 10 anos de idade, aproximar as emoções básicas, ou seja, felicidade, medo, nojo, raiva e tristezas, de forma a colaborar para o desenvolvimento de habilidades sociais através das artes.

Além das emoções básicas, também serão trabalhados os desdobramentos, tais como: ciúme, inveja, ambição, melancolia, frustração, cansaço, angústia, solidão, abandono, saudade, mau humor, apatia, coragem, vergonha, euforia, dentre outros. Durante toda a manhã, as crianças participam de atividades com a atriz e contadora de histórias, Iara Roccha e com a psicóloga, Regina Resende.

As inscrições são feitas no dia dos eventos, a partir das 9h. Limite de 50 crianças (de 6 a 10 anos) por domingo.

Domingos, 05, 12, 19 e 26 de junho de 2016, das 10h às 12h, na Praça de Cascatinha.

10h – Contação de História
Iara Roccha (DRT 33093) – Atriz e Contadora de História
A contação de histórias é uma atividade fundamental que transmite conhecimentos e valores, sua atuação é decisiva na formação e no desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem. As histórias são uma maneira mais significativa que a humanidade encontrou para expressar experiências que, nas narrativas realistas, não acontecem. A contação de histórias, além de pertencer ao campo da educação e à área das ciências humanas, é uma atividade comunicativa. Por meio dela, os homens repassam costumes, tradições e valores capazes de estimular a formação do
cidadão. Por isso, contar histórias é saber criar um ambiente de encantamento, suspense, surpresa e emoção, no qual o enredo e os personagens ganham vida, transformando tanto o narrador como o ouvinte. O ato de contar histórias deve impregnar todos os sentidos, tocando o coração e enriquecendo a leitura de mundo na trajetória de cada um.
A seleção de histórias para esse projeto está em andamento e se pretende ser aberta a realidade do público que vai vivenciar cada uma das semanas de atividades.

10h30 – Abordagem Biopsicossocial da História
Regina Resende (CRP 5/42891) – Psicóloga
Nesse momento através dos conceitos biopsicossociais a psicóloga vai pontuar os momentos mais relevantes da história e atrelar as emoções vividas cotidianamente pelas crianças. É importante entender que esses conceitos tem como meta estimular a coordenação visiomotora e espaço/ temporal, trabalhar os emergentes e os déficits psicopedagógicos, bem como as dificuldades de relacionamento de forma lúdica. Ainda nesse momento será trabalhada a questão do fracasso, autoestima, perseverança, frustração e o vínculo do conhecimento na relação vincular e uso da inter-relação das pessoas.

11h – Oficina lúdica de artes plásticas
Iara Roccha (DRT 33093) – Atriz e Contadora de História e Regina Resende (CRP 5/42891) – Psicóloga
A partir do entendimento da história contada e da contextualização com as emoções apresentadas as crianças serão levadas para a próxima etapa do projeto que se trata de uma oficina livre de artes plásticas com materiais como barbante; canetas hidrocor; cola branca; folha A4 – 180g; folha A4 – 90g; giz de cera; guache; lápis de cor; pincéis; pregador; tecido e tesouras sem ponta. O intuito desse momento é incentivar a arte e ao mesmo tempo captar através dessas criações a assimilação das emoções trabalhadas a cada semana.

11h30 – Exposição
Iara Roccha (DRT 33093) – Atriz e Contadora de História
Nessa etapa do projeto os materiais produzidos pelas crianças se tornam uma exposição no próprio local da atividade e as crianças se transformam de meros ouvintes a artistas que além de produzir vão vivenciar a experiência de serem autores da arte física. Cada criança vai podem explicar a sua arte para os demais participantes e também para os passantes. Esse momento será registrado em fotos e vídeos que serão disponibilizados na Fanpage da produtora como forma de ampliação da criação infantil e da valorização da arte e seus desdobramentos.

11h30 – Integração vínculo familiar às emoções trabalhadas
Regina Resende (CRP 5/42891) – Psicóloga
Essa etapa do projeto vai além da ação propriamente dita. A integração vínculo familiar é uma conversa informar e suave entre a psicóloga coordenadora do projeto e dos pais e/ou responsáveis sobre a atuação de cada criança e a proposição de atividades domésticas para a ampliação da arte e da valorização das emoções no dia a dia de cada criança. O intuito desse momento é a disseminação da certeza de que as crianças precisam ter espaço para discussão dos sentimentos e dessa forma se tornarem cidadãos que entendem suas emoções e as vivenciam de forma plena.

12h – Lanche coletivo
Para finalizar a atividade cultural um lanche coletivo será oferecido no local da contação, oficina e exposição de forma que o compartilhar seja vivenciado, bem como o prazer de dividir.

Maiores informações: (24) 2231-9707 – (24) 99955-2730

Fonte: Divulgação Xdaquestão Produções


Comente com o Facebook: